Skip to content

Ouça : Ruanitas.

16 de outubro de 2010

No começo, não em agradei pelo nome, mas quando começei a ouvir, cara, elas são MUITO boas! Posso afirmar, são garotas de atitude, e que não tem medo de expor os sentimentos nas músicas, as músicas são daquelas que falam do ódio ao sexo, das formas mais inusitadas possíveis.

O mais inusitado são as letras, e o porque do nome Ruanitas, e principalmente porque uma das meninas da banda toca violino!

Exibir Todas as Fotos | Ruanitas
Myspace.
Site Oficial.
Twitter.
http://www.youtube.com/v/G3b_LmwQZt0?fs=1&hl=pt_BR&rel=0
Anúncios

Tudo mudou, mas o nada continua sempre ali.

15 de outubro de 2010

Quantas vezes eu já ouvi essa frase? ”Nunca, em nenhuma hipótese, trate como prioridade quem te põe como opção.”
Quantas vezes eu não agi certo, fazendo o contrário do que essa frase diz? E quantas vezes você também não fez?
O certo mesmo é arriscar, tentar. Porque mais fraco do que quem tenta e falha, é quem não tenta por medo de falhar. Já amei quem não devia sim, IDAI? Já fui passada pra trás sim, IDAI? Já fui amada muito intensamente sim, e mais uma vez eu pergunto: IDAI?
A vida não é composta de respostas afirmativas, ou de finais felizes -já disse o quanto eu odeio finais felizes?.
Cada experiência que eu passei, me ensinou pelo menos uma coisa.

Aprendi que:

-Existem pessoas ‘vilãs-mocinhas’ e ‘mocinhas-vilãs’, e eu confesso, prefiro as primeiras. Porque antes de tudo, esse tipo de pessoas faz questão de mostrar quem realmente é, sem máscara, e depois te conquista de um jeito surpreendente! Meus amigos todos são assim, sabia?
-Se quiser conhecer bem alguém que diz te amar, passe por algum apuro. O resultado é evidente.
-Mandar mensagens fofas atraem as pessoas.
-O melhor tipo de pessoa é aquela que não precisa fingir pra ser apenas ela e ponto final.

Com liçença eu vou a luta!

15 de outubro de 2010
Tumblr_lab2ztpqb81qdnx0to1_500_large

Eliane, tão bonita e fofa, se envolve com alguém de 33 anos, quando ela tem apenas 15.

Situação realista, fatos que aconteçem com você ou comigo, porém da forma mais verdadeira possível, com detalhes chocantes e desfechos mais que emocionantes. Confesso, um dos MELHORES livros que já li!

No livro, Eliane Maciel conta sua vida toda, nos tempos de opressão da familia e da sociedade por sobre ela. Ela faz muitas loucuras, confesso mais uma vez que ri e chorei muito ao ler.

Não achei link de dowload, infelizmente, talvez seja por o livro ser bem antigo. Eu roubei da minha mãe, e adorei mesmo! Recomendo vocês a procurarem. Também tem o filme, que eu não assisti.

bomba!

15 de outubro de 2010
Tumblr_l95plil8rt1qb8dzno1_500_large

Ao que dizem, a Hayley Williams loiraruivaelinda  fez uma participação em uma das músicas do novo cd da banda de Nashville, DOLARHYDE.
Hayley canta na música “We All fall Down” aos dois e pouco da musica! A banda disponibilizou a música na rede e você pode escutar. A qualidade não é muito boa, mas vale a pena conferir.

A música aqui: MySpace.

Foto do dia

14 de outubro de 2010
Tumblr_la003iymdk1qa4w2fo1_500_large
OLHA QUE LINDAS!




OLHA QUE MUITO LINDAS!
Tumblr_la65wcedef1qb6jeto1_500_large

Luxo!

13 de outubro de 2010
http://www.youtube.com/v/LeLhEF6MnkA?fs=1&hl=pt_BR&rel=0

Adeus

13 de outubro de 2010


Quando eu não tinha mais chão, e meus olhos não passavam de turvos buracos de dor, as pessoas me enchiam de duas palavras: vai passar.

E eu sabia, e acreditava que não passaria. A ferida era muito grande para se fechar, e o amor transbordava. Não ia passar.

Por vezes, apenas minutos de segundos, pensava que estava bem. Mas logo que me lembrava de você, tudo voltava em uma onda calorosa de pós amor que eu não aguentaria por muito tempo.

Eles ainda me diziam aquilo. E eu, como toda boa amante rejeitada negava incontrolavelmente, e ainda esperava que meu príncipe de cavalo branco chegasse novamente e me dissesse que não iria passar porque ele estava ali. Não precisava ser exatamente o príncipe, apenas aquele cara com seus 1,80 de altura pelo qual me apaixonei.

Mas a única coisa que passava era o tempo. A vida escorria plenamente por minhas veias, saídas do coração, e apesar de tudo, eu estava simplesmente ali, não vivendo, essa não seria a palavra certa, apenas respirando.

Depois de um tempo, não tinha mais a ver com amor, tampouco com paixão, era apenas uma questão de orgulho ferido que não me deixava clarear a mente.

Eu não era uma atriz clássica de filmes românticos, não esperava que no fim você chegasse e levasse consigo toda minha mágoa. Eu estava lúcida. Sabia. Sabia que eles estavam certos.

Meu mundo se resumia á suspiros. Somente dados a você.

Mas chega um dia em que você cansa. Em que todas suas forças são sugadas pelo incontrolável e maligno amor. Chega o dia em que você descobre que ainda pensa por si mesma, que ainda vive. O dia em que eu fiz uma descoberta incrível: sempre passa.

Eles estavam certos. Depois que você sentir toda dor do mundo, vai chegar ao final do jogo. E ele estará apenas começando. Acho que nunca vou entender essas regras, mas sei que sempre vou ter o controle sob elas.

Não havia desistido. Só recuperara a capacidade de dizer as duas palavras: vai passar.

Uma vez me disseram que se eu amasse mesmo uma pessoa, que a deixasse ir, se fosse para ser, ela voltaria. Eu te deixei, e você não voltou. Mas estou bem.

Porque Passou.

Aprendi a viver sem você.

Adeus.


Tatiane